Projecto Cofinanciado pela UE

Designação do projeto | Eficiência Energética Internacional

 Código do projeto | ALT20-01-0752-FEDER-027731

 Objetivo principal | Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

 Região de intervenção | Alentejo

 Entidade beneficiária | Connect Energy – Negócios de Energia e Telecomunicações, Lda.

  Data da aprovação | 2018-03-02

 

Data de início | 2017-12-01

 Data de conclusão | 2019-11-30

 Custo total elegível | 381.455,00€

 Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 171.654,75€

 Apoio financeiro público nacional/regional |

  

Objetivos, atividades e resultados esperados

Projeto apoiado e financiado pelo Sistema de Incentivos SI Internacionalização das PME.

A empresa Connect Energy, Lda., foi fundada em 2013 e tem por objeto o desenvolvimento de software de interligação e monitorização para petróleo e gás, consultoria, projetos e engenharia de instalação de equipamentos de produção de energia renovável, compra para revenda de equipamentos e software de produção e medição de energia, consultoria em eficiência energética e ambiental, prestação de serviços de consultoria na área de energia e clima, compra para revenda de equipamentos e sistemas de produção de energia, reparação e manutenção de equipamentos elétricos, comercialização de equipamentos e prestação de serviços de consultoria na área das telecomunicações.

 

O posicionamento da empresa passa por prestar serviços energéticos de excelência, garantindo elevados padrões tecnológicos, com o objetivo de garantir aos seus clientes a máxima qualidade e satisfação, otimizando sempre a relação custo-benefício aplicando um modelo de negócio prático, simples e sem investimento.

 

A empresa apresentou um projeto ao sistema de incentivos Portugal2020 Internacionalização, visando internacionalizar os seus serviços.

 

É inquestionável o contributo do presente projeto para um fator dinâmico da competitividade: a Internacionalização.

 

Para tal, a empresa realizará um conjunto de ações em mercados, onde pretende iniciar o seu processo de internacionalização, de forma a dar a conhecer os seus serviços, com o objetivo de captar novos clientes. Os mercados são Espanha, França, Itália e Grécia.

 

A estratégia de promoção nestes mercados assenta num conjunto de ações, designadamente conceção de material promocional e de exposição, ações de prospeção, participação em feiras internacionais, ações de relações públicas, campanhas de marketing digital e contratação de um técnico especializado.

 

Todos estes investimentos imprimem uma competitividade irrefutável na empresa.